16 janeiro 2008

bibliotecario


software update.png[url=http://w13.easy-share.com/1186590.html]Divaldo Franco (Manoel P. de Miranda) - Vivencias Mediumnicas.PDF[/url] (169,01 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186610.html]Divaldo Franco (Manoel P. de Miranda) - Nos Bastidores da Obsessão.doc[/url] (587,50 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186618.html]Divaldo Pereira Franco - Atendimento Fraterno.doc[/url] (262,50 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186624.html]Divaldo Franco (Manoel P. de Miranda) - Tormentos da Obsessão.doc[/url] (599,50 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186628.html]Divaldo Pereira Franco - Diretrizes de Segurança.doc[/url] (271,50 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186643.html]Divaldo Pereira Franco - Florações Evangélicas.doc[/url] (412,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186663.html]Divaldo Pereira Franco - Vida feliz.pdf[/url] (461,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186667.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de ¶ngelis) - Celeiro de Ben‡Æos (Rev).doc[/url] (391,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186688.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de Ângelis) - Jesus e Atualidade.doc[/url] (170,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186691.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de Ângelis) - Amor, Imbatível Amor.doc[/url] (486,50 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186693.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de Ângelis) - Convites da Vida.doc[/url] (255,50 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186728.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de Ângelis) - Leis Morais da Vida.doc[/url] (361,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186746.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de Angelis) - O Ser Consciente (Rev).doc[/url] (427,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186747.html]Divaldo Pereira Franco (Joanna de Angelis) -O Homem Integral (Rev).doc[/url] (413,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186782.html]Divaldo Pereira Franco (Manoel P. de Miranda) - Grilhões Partidos.doc[/url] (551,50 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186789.html]Divaldo Pereira Franco (Ot¡lia Gon‡alves) - Al,m da Morte (Rev).doc[/url] (532,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186796.html]dominiosmediunidade.pdf[/url ] (664,20 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186827.html]Douglas Adams - 2 - O Restaurante do Fim do Universo.rtf[/url] (430,24 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186833.html]Douglas Adam - Praticamente Inofensiva.pdf[/url] (618,49 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186854.html]Douglas_Adams_-_O_restaurante_do_fim_do_universo.rtf[/url ] (430,24 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186855.html]Douglas Adams - O Guia do Mochileiro das Galaxias.pdf[/url] (837,00 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186856.html]DRAMATURGIA.pdf[/url] (33,58 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186861.html]eBook - As Cruzadas, Os Templários e a Maçonaria - Lázaro Curvêlo Chaves.pdf[/url] (107,05 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186868.html]Douglas_Adams_At é Mais e Obrigado pelos Peixes.pdf[/url] (548,43 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186916.html]Eckartshausen Karl Von - La Nube Sobre El Santuario.PDF[/url] (329,76 KB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186923.html]Ebook - Dinheiro - Investindo Sem Susto (Claudio Gradilone).pdf[/url] (675,27 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186928.html]Educacao para a Redencao.pdf[/url] (272,49 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186947.html]dossie conspiração.pdf[/url] (2,28 MB)
[url= http://w13.easy-share.com/1186953.html]Eliphas Levi - A Origem Magica Da Maçonaria.doc[/url] (36,00 KB)
[url=http://w13.easy-share.com/1186961.html]Dicionario de Sociologia.pdf[/url] (247,33 KB)


Read More

Temperanca


Convém saber que a profunda sabedoria do Arcano XIV divide-se classicamente em três partes:

TRANSMUTAÇÃO
TRANSFORMAÇÃO
TRANSUBSTANCIAÇÃO

Estudemos cada uma delas em separado.

TRANSMUTAÇÃO
Um anjo trazendo o signo do sol na testa aparece no Arcano XIV. Observando o peito do anjo, veremos ali o quadrado e o triângulo do esoterismo gnóstico. O anjo tem duas taças que mistura entre si. Em uma delas está o Elixir Branco e na outra o Elixir Vermelho. O Elixir da Longa Vida origina-se da mistura inteligente destas duas substâncias.

Quando o setenário homem se une sexualmente com o setenário mulher, faz-se uma soma que dá como resultado o Arcano XIV do Tarot. Não é de mais informar de passagem que o homem tem sete princípios, da mesma forma que a mulher.

O centro mais importante e mais rápido do ser humano é o sexo. O processo de criar um novo ser realiza-se dentro da lei das oitavas musicais. As sete notas da escala musical são a base de toda a criação. Se transmutarmos a energia criadora, iniciaremos uma nova oitava no mundo etérico, cujo resultado será o nascimento do Soma Puchicon, o traje de bodas da alma.
Com este veículo, podemos penetrar conscientemente em todos os departamentos do Reino.

A terceira oitava permite-nos engendrar o verdadeiro astral: o Astral Cristo. Ao chegar a estas alturas, o velho astral fantasma fica reduzido a um cascão vazio que vai se desintegrando pouco a pouco.

A quarta oitava permite-nos gerar a Mente Cristo, veículo que nos dá verdadeira sabedoria e unidade de pensamento. Somente quem engendra a Mente Cristo tem o
direito de dizer: "Tenho corpo mental". O corpo mental atual é apenas um fantasma de fachada. Realmente, ele converte-se em um cascão oco, quando nasce a verdadeira mente, depois se desintegra e se reduz à poeira cósmica.

A quinta oitava musical produz o verdadeiro corpo causal. Ao chegarmos a estas alturas, encarnamos a alma e já temos existência real. Antes desse instante, não temos existência real.

TRABALHO COM O CHACRA PROSTÁTICO
Depois de terminar o trabalho diário com o Arcano A.Z.F., o alquimista deve se deitar em decúbito dorsal (boca para cima) e trabalhar com o chacra prostático, chacra deveras importante no trabalho da alta magia.

O alquimista inala o ar vital, retém o alento enquanto dirige a corrente nervosa para baixo até a próstata com a intenção de fechar aqueles esfíncteres que existem entre as vesículas seminais e a uretra. O esforço a ser feito para enviar as correntes eletronervosas deve ser semelhante ao esforço que faz a mulher, quando se esforça para parir. Nesses momentos, a mulher age com pujança e de sua laringe sai o som da letra M. Krum Heller diz que pelas letras M e S deve começar a Iniciação. Nós queremos nascer nos mundos internos, portanto, devemos usar também a letra M, como quem age com pujança. Trata-se de nascer e devemos nascer.

A seguir, exalamos lentamente. Aguardamos que a respiração volte ao natural. Sempre ao inalar, bombeamos mentalmente, fazemos subir a energia sexual pelos canais de Idá e Pingalá até o cálice, o cérebro.
Repetimos o esforço e continuamos.

IMAGINAÇÃO E VONTADE
A imaginação é feminina e a vontade, masculina. Quando trabalhamos com o chacra prostático, devemos unir dois poderes em bodas alquímicas para promover o ascenso da energia criadora.

Em primeiro lugar, pelos canais simpáticos do corpo físico. Depois, pelos canais simpáticos do corpo etérico. Mais tarde, pelos canais simpáticos do corpo dos desejos e pelos canais simpáticos do corpo causal.
Os estudantes avançados devem levar a energia criadora até o Ain Soph.

O estudante tem de aprender a conduzir a energia criadora do cérebro até o coração, depois de algum tempo de prática. O Arcano XIV é o Arcano da temperança.

TRANSFORMAÇÃO
Um corpo em estado de Jinas pode assumir qualquer aparência. Circe transformava os homens em porcos. A lenda diz que Apuleio converteu-se em um asno.

Os mantrans latinos para a transformação são os seguintes: "Est sit, esto fiat"; porém, somente em estado de Jinas podemos nos transformar.

A seguir, daremos uma chave para sair em estado de Jinas.

Sente-se o estudante diante de uma mesa, mantendo os braços cruzados sobre ela. Normalmente adormeça com a cabeça apoiada nos braços. Relaxe bem a mente.
Esvazie-a de todo pensamento até que fique em branco, assim estará relaxada. Depois, imagine a sensação de sopor que antecede ao sono, identifique-se com ela e
durma. Quando o estudante sentir que está dormindo, levante-se da cadeira, porém, conservando o sono, tal qual um sonâmbulo. Em seguida, o estudante deverá dar um longo salto com o propósito de que o corpo físico se submerja no hiperespaço.

Marque com um lápis (giz) o local exato onde terminou o salto. Em outro dia, repetirá o mesmo experimento e marcará com um lápis (giz) o local onde pousou o pé.

Conforme for praticando, notará que o salto fica cada vez maior, chegando o dia em que dará um salto além do normal. Isto o alegrará muito porque indicará que seu corpo já está penetrando no espaço superior.

A constância, a paciência, a vontade e a tenacidade farão o estudante triunfar.

Um dia qualquer, poderá sustentar-se dentro do hiperespaço definitivamente. Depois de penetrar com se corpo físico nos mundos internos, achar-se-á em estado de Jinas e poderá se transportar a qualquer lugar da terra em poucos instantes. Será, então, mais um investigador dos mundos superiores.

Antes de iniciar a sua prática de Jinas, invoque os gênios Jinas. Invoque muitas vezes o Oguara assim:

"Creio em Deus. Creio em Oguara e em todos os gênios da ciência Jinas. Levai-me aos templos da ciência Jinas com meu corpo. Oguara! Oguara! Oguara!
Levai-me."

Esta invocação repete-se milhares de vezes antes de adormecer.

Agora, estudemos rapidamente o terceiro aspecto do Arcano XIV do Tarot.

TRANSUBSTANCIAÇÃO
A última ceia do Adorável Salvador do mundo data de épocas arcaicas. O Grande Senhor da Atlântida também a praticou, assim como o Cristo Jesus.

Ela é uma cerimônia de sangue, um pacto de sangue. Os apóstolos trouxeram, cada um, seu sangue em uma taça e o misturaram depois com o sangue real do Adorável no cálice da última ceia, o Santo Graal.

Assim, os corpos astrais dos apóstolos uniram-se ao astral do Cristo mediante o pacto de sangue.

Os apóstolos beberam do sangue contido no cálice e Jesus também bebeu.

A Santa Unção Gnóstica está unida à última ceia pelo pacto de sangue. Quando os átomos crísticos descem ao pão e ao vinho, eles convertem-se, de repente, na carne e no sangue do Cristo.

Esta é a transubstanciação.


Read More

Origem da atual divisão do tempo





A divisão da hora em 60 minutos, e do minuto em 60 segundos, é atribuída ao cientista holandês Christian Huygens. Aperfeiçoou a medida do tempo ao descobrir a regularidade dos movimentos do pêndulo. Publicou as primeiras observações a respeito em 1658



Read More