31 dezembro 2007

glossario - D - 1


Angel Letter D.jpgDaath: (hebreu) Undécimo Séfira, resultado da reunião de Chokmah e Binah. A primeira é a concepção, a segunda o objeto concebido; a primeira é a compreensão, a segunda a verdade. Ambas engendram a Daath, a Ciência, o Conhecimento, que os Cabalistas não enumeram por tratar-se de um Princípio anexo e dependente, se bem que de grande importância oculta.

Daigidan: (jap.) Grande dúvida; a virtude do Discernimento. É um dos Três Pilares do Zen.

Daioshô: (jap.) Grande monge; termo honorífico de mestres Zen.

Daishikan: (jap.) Grande raiz de fé; a virtude da Fé Consciente. Um dos Três Pilares do Zen.

Daitoku-Ji: (jap.) Monastério da Grande Virtude; um dos maiores monastérios Zen de Kyôtô, no Japão.

Dakini: (tib. Ka[N]Dro[Ma]/ Mka' Gro [Ma]) No budismo vajrayana, ser de sabedoria feminino, "irado", que trasmite ensinamentos tântricos. Deva ligado intimamente ao Elemento Etérico do Ar. Aspecto mágico da Mãe Divina.

Dalai Lama: (tib. Ta La Li Bla Ma) Oceano de Sabedoria; título honorífico concedido pelo príncipe mongol Althan Kham ao líder da escola tibetana Gelug, em 1578. Samael nos diz que o Dalai Lama é um grande Adepto da Loja Branca. Totalmente desperto espiritualmente. Bodhisatva do Deus Avalokiteshvara.

Damkina: "Esposa Fiel", deusa suméria, consorte de Enki, deus do Absu em Eridu.

Dana: (sânscr. e páli) Generosidade; um dos seis Paramitas.

Dangyô: (jap.) Veja Liu-Tsu-Ta-Shih Fa-Pao-T'an-Ching.

Dante Alighieri: (1265-1321) Célebre poeta italiano. Escreveu entre outras obras: "A Divina Comédia", na que descreve magistralmente as nove regiões submersas do inframundo. O mestre Samael nos diz que Dante é um grande Ressurrecto e que e que atualmente em Florença (na Itália) com o mesmo corpo daquele mesmo corpo de então.

Darshana: (neutro) Ponto de vista, enfoque, nome genérico dado a todas as grandes escolas do hinduísmo tradicional (Yoga, Vedanta etc.).

Demiurgo: (grego) Artífice. O Supremo Poder que construiu o Universo. A Alma Universal ou Princípio Ativo do Mundo. A Hoste dos Grandes Arquitetos do Universo.

Dep: (egípcio) Senhores de Dep, ou Mundo da Mente. Na Cabala hebraica, os Arcanjos.

Depressão: (Psicol.) Um estado psicológico caracterizado por falta de energia. Energia esta que não está disponível à consciência mas regredida no inconsciente remexendo seus conteúdos (fantasias, memórias , desejos, etc) que para o bem de nossa saúde psicológica necessitam ser trazidos à luz da consciência e examinados. Desta forma a depressão deve ser entendida como uma compensação inconsciente cujo conteúdo deve ser tornar consciente para que seja totalmente efetivo. A depressão não é necessariamente patológica. Ela geralmente anuncia a renovação da personalidade ou um surto de atividade criativa. Conforme Jung, em nossas vidas existem momentos quando viramos uma nova página. Novos interesses e tendências aparecem e que até então ainda não tinham sido percebidos, ou existe uma mudança repentina de personalidade. Durante o período de incubação de tal mudança nós freqüentemente experimentamos uma perda da energia consciente. Leia também abaissement du neveau mental.

Der: Cidade a Leste do Tigre, no Norte da Babilônia. Deus patrono: Ishtaran.

Dessoto: (Efrain Villegas Quintero) Mestre da Loja Branca, do Raio da Sabedoria Grega e também do Raio da Força. Discípulo de Samael Aun Weor. Misionário Gnóstico Internacional, autor de numerosas obras, entre elas: O Grande Câmbio, Revolução Integral, Transformação Radical etc. Dessoto se encarnou na Grécia como um dos 7 Grandes Sábios gregos, Thales de Mileto. Em uma de suas encarnações gregas, esse mestre visitou Cesar e tentou ajudá-lo a se lembrar quem Ele era. Samael teve como uma de suas 3 encarnações romanas Júlio Cesar. Mas, como o cesar, ele não se importou muito com a auto-realização espiritual. Com o passar dos Ciclos de Reencarnações, esses dois mestres voltaram a se reencontrar, porém Samael estava levantado e Dessoto caído. Mestre de 2ª de Mistérios Maiores.

Deva: (sânscr. e páli) Deus, divindade; um dos seus Gati.

Devadasi: (feminino) Servidora do senhor, erroneamente chamada de prostituta sagrada.

Dhammapada: (páli) Parte do Khuddhaka-Nikaya, com 426 versos sobre o ensinamento budista.

Dharani: (sânscr.) No budismo Mahayana, pequenas escrituras com sílabas de significado simbólico, geralmente mais longos que os Mantras.

Dharma: (masculino; sânscr.; páli Dhamma; chin. Fa; jap. Hô; tib. Chö/ Chos) O ensinamento de Buda, uma das Três Jóias (Triratna); com letra minúscula, dharma geralmente se refere a um fenômeno ou manifestação da realidade. Ordem do mundo em todas as suas manifestações (cósmica, social, religiosa etc.), designa também o conjunto das normas tradicionais do hinduísmo clássico.

Dharmachakra: (sânscr.; páli Dhammachakkra) Roda do Dharma; o símbolo do budismo.

Dharmaguptaka: (sânscr.; páli Dhammaguttika; chin. Lü-Tsung; jap. Ritsu[-Shû]) Protetor do Ensinamento; escola fundada pelo monge indiano Dharmaguptaka, pertencente ao grupo Sthavira.

Dharmakaya: (sânscr.; tib. Chöku/ Chos Sku) Corpo do Dharma; um dos três corpos (Trikaya).

Dharmakirti: Monge indiano (século 7) da filosofia Yogachara.

Dharmapala: Guardião dos ensinamentos, protetor do Dharma. Mestre-guerreiro do mundo astral, pertence ao Raio da Força e que atua especialmnte na libertação do Tibet.

Dhiana: (neutro, sânscr.; páli Jhana; chin. Ch'an; jap. Zen; tib. Samten/ Bsam Gtan) Concentração, absorção meditativa. Meditação, processo de interiorização encaminhado a lograr uma transmutação e um despertar da Consciência.

Dhiani-Buda: (masculino; sânscr.) Buda meditacional; no budismo Mahayana, os cinco budas transcendentes que representam os aspectos da mente iluminada; Vairóchana, Amithaba, Amoghasidhi, Akshobhya e Ratnasambhava. Diz-se dos budas situados em diversas partes do Mandala, aos quais o adepto irá reconhecendo no curso de sua meditação. Em nosso ciclo evolucionário do Sistema Solar, os principais Dhiani-Budas são 7, que correspondem aos 7 Arcanjos ou Espíritos diante do Trono de Deus, da tradição gnóstica: Gabriel, Rafael, Uriel, Michael, Samael, Zacariel e Orifiel.


Read More

Curiosidades Bíblicas


amor.jpgHá muitos fatos curiosos na Bíblia. O primeiro é que o nome grego Bíblia significa livros, que é do que a Bíblia é formada. Existe também muita especulação sobre a manipulação da Igreja Católica quanto ou conteúdo bíblico, já que conhecemos apenas a tradução autorizada por eles. Umas das supostas verdades escondidas seria o fato de Jesus ter sido casado.


Estudiosos afirmam que naquela época, e naquela cultura, um homem da idade de Jesus já deveria ter se casado. Eles afirmam ainda que sua esposa era Maria Madalena, e que ela só ficou conhecida como meretriz para encobrir a verdade. E vão ainda mais fundo, há pessoas que afirmam que existem provas de que Jesus queria que Maria Madalena comandasse a Igreja depois de sua morte e que eles tiveram um filho.


Outras pessoas afirmam que Jesus teve irmãos legítimos. O fato é que nada foi provado até hoje, apesar de alguns raciocínios terem nexo. Fora essas suspeitas, ainda temos muito fatos curiosos retirados, verdadeiramente, da Bíblia. Vamos conferir.


A arca de Noé tinha 134 m x 23 m x 14 m. Isso daria uma área total, em seus 3 andares, 9.250 m2 e um volume de 43.150 m3. Esse tamanho se aproxima dos navios de hoje. Depois de construir sua arca, Noé permaneceu dentro dela, com sua família e os animais, 375 dias. O estranho, é que Noé já tinha 600 anos quando acabou de construí-la!


Você sabia que Joquebede, que era a mãe de Moisés, recebeu um salário para criá-lo? E que a única mulher que tem a idade citada em toda a Bíblia é Sara? Ou ainda que Maersalalhasbaz é o mair nome escrito na Bíblia - e o mais estranho, diga-se de passagem! Ele significa filho de Isaías.


Jesus seria um excelente economista, porque nunca ninguém conseguiu fazer um investimento render tanto quanto Ele. Com 5 pães e 2 peixes foi possível alimentar aproximadamente 5mil pessoas! E não é só isso… sobraram ainda 12 cestos cheios de comida!


Na Grécia havia uma moeda chamada Talento, que valia algo em torno de 3000 reais. No entanto, recebeu apenas 30 moedas de prata - que não valem nem 50 reais - por entregar Jesus. fonte


Read More
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
eXTReMe Tracker