31 julho 2010

Defenda-se das energias negativas


Image and video hosting by TinyPicTodos nós sabemos as energias negativas são uma das maiores preocupações do ser humano. Procurar fugir delas é besteira. Ela nos alcança em qualquer lugar do planeta. Mas, podemos nos defender, começando a tomar uma série de atitudes e providências. Abaixo segue seis dicas pessoais para começar a combatê-las.



1. NÃO TEMER NINGUÉM


Uma das armas mais eficazes na subjugação de um ser é impingir-lhe o medo. Sentimento capaz de uma profunda perturbação interior, vindo até a provocar verdadeiros rombos na aura, deixando o indivíduo vulnerável a todos os ataques. Temer alguém significa colocar-se em posição inferior, temer significa não acreditar em si mesmo e em seus potenciais; temer significa falta de fé.
O medo faz com que baixemos o nosso campo vibracional, tornando-nos assim vulneráveis às forças externas. Sentir medo de alguém é dar um atestado de que ele é mais forte e poderoso. Quanto mais você der força ao opressor, mais ele se fortalecerá.


2. NÃO SINTA CULPA


Assim como o medo, a culpa é um dos piores estados de espírito que existem. Ela altera nosso campo vibracional, deixando nossa aura (campo de força) vulnerável ao agressor. A culpa enfraquece nosso sistema imunológico e fecha os caminhos para a prosperidade. Um dos maiores recursos utilizados pelos invejosos é fazer com que nos sintamos culpados pelas nossas conquistas. Não faça o jogo deles e saiba que o seu sucesso é merecido. Sustente as suas vitórias sempre!


3. ADOTE UMA POSTURA ATIVA


Nem sempre adotar uma postura defensiva é o melhor negócio. Enfrente a situação. Lembre-se sempre do exemplo do cachorro: quem tem medo do animal e sai correndo, fatalmente será perseguido e mordido. Já quem mantém a calma e contorna a situação pode sair ileso. Em vez de pensar que alguém pode influenciá-lo negativamente, por que não se adiantar e influenciá-lo beneficamente? Ou será que o mal dele é mais forte que o seu bem? Por que será que nós sempre nos colocamos numa atitude passiva de vítimas? Antes que o outro o alcance com sua maldade, atinja-o antecipadamente com muita luz e pensamentos de paz, compaixão e amor.


4. FIQUE SEMPRE DO SEU LADO


A maior causa dos problemas de relacionamentos humanos é a "Auto-Obsessão".
A influência negativa de uma pessoa sobre outra sempre existirá enquanto houver uma idéia de dominação, de desigualdade humana, enquanto um se achar mais e outro menos, enquanto nossas relações não forem pautadas pelo respeito mútuo. Mas grande parte dos problemas existe porque não nos relacionamos bem com nós mesmos.
"Auto-Obsessão" significa não se gostar, não se apoiar, se autoboicotar, se desvalorizar, não satisfazer suas necessidades pessoais e dar força ao outro, permitindo que ele influencie sua vida, achar que os outros merecem mais do que nós. Auto-obsediar-se é não ouvir a voz da nossa alma, é dar mais valor à opinião dos outros.
Os que enveredam por esse caminho acabam perdendo sua força pessoal e abrem as portas para toda sorte de pessoas dominadoras e energias de baixo nível. A força interior é nossa maior defesa.


5. SUBA PARA POSIÇÕES ELEVADAS


As flechas não alcançam o céu. Coloque-se sempre em posições elevadas com bons pensamentos, palavras, ações e sentimentos nobres e maduros. Uma atmosfera de pensamentos e sentimentos de alto nível faz com que as energias do mal, que têm pequeno alcance, não o atinjam. Essa é a melhor forma de criar "incompatibilidade" com as forças do mal. Lembrem-se: energias incompatíveis não se misturam.


6. FECHE-SE ÀS INFLUÊNCIAS NEGATIVAS


As vias de acesso pelas quais as influências negativas podem entrar em nosso campo são as portas que levam à nossa alma, ou seja, a mente e o coração. Mantenha ambos sempre resguardados das energias dos maus pensamentos e sentimentos, e fuja das conversas negativas, maldosas e depressivas.
Evite lugares densos e de baixo nível. Quando não puder ajudar, afaste-se de pessoas que não lhe acrescentam nada e só o puxam para o lado negativo da vida. O mesmo vale para as leituras, programas de televisão, filmes, músicas e passatempos de baixo nível.


Por Awofa Ifakemi Miguel Ti'obatala


Read More

28 julho 2010

O termômetro


Image and video hosting by TinyPicEm 28 de fevereiro de 1683, nasce René-Antoine Ferchault de Réaumur, cientista francês, inventor do termômetro. A escala Réaumur é uma escala de temperatura concebida em 1731 por Réaumur, cujos pontos fixos são o ponto de congelamento da água (zero) e seu ponto de ebulição (80 graus). Assim, a unidade desta escala, o grau Réaumur, vale 5/4 de 1 kelvin (ou de 1 grau Celsius) e tem o mesmo zero que o grau Celsius. Seu símbolo é geralmente °Ré, apesar de °r às vezes ser usado.



Biólogo, naturalista e físico francês nascido em La Rochelle, mais conhecido por seus estudos com escalas termométricas, porém de grandes contribuições para a evolução de outros ramos das ciências, tão díspares como da siderurgia ou a vida das formigas. Após estudos básicos em Poitiers e Bourges, onde adquiriu o gosto pela matemática, mudou-se para Paris (1703). Entrou (1708) para a Académie des Sciences para se especializar em geometria.


Passou a se interessar por biologia marinha (1810) e geologia, assunto em que publicou estudos sobre as propriedades da turquesa (1718).


Image and video hosting by TinyPic

Também publicou um trabalho em agronomia: Réflexions sur l'état des bois du royaume (1718).


Na década seguinte publicou Le Traité sur l'art de convertir le fer en acier (1722), um artigo que o tornou célebre.


Por um breve período pesquisou processo de fabricação de porcelana (1727-1729), cujo produto ficou conhecido como la porcelaine de Réaumur.


Inventou um termômetro a álcool e apresentou uma escala termométrica para estes tipos de termômetros (1730) que ia de zero grau, o ponto de congelamento da água, a oitenta graus, correspondente ao ponto de ebulição, e que fez muito sucesso na Europa Ocidental.


Especialista no estudo do desenvolvimento dos hábitos e comportamento dos insetos, publicou Mémoires pour servir à l'histoire des insectes (1734-1742), uma seqüência de seis volumes.


Sobre as aves, publicou as primeiras experiências sobre a digestão das aves e sobre o papel da temperatura no desenvolvimento destas em La Digestion des oiseaux (1752) e demonstrou o poder do suco gástrico na digestão dos alimentos.


Membro da Académie des Sciences, morreu em 1757 em Saint-Julien du Terroux, deixando para a Academia uma grande coleção de plantas e minerais.


Read More

26 julho 2010

Santo Alexandre do Egito


Image and video hosting by TinyPic26 de fevereiro


Alexandre que nasceu em 250, mereceu ocupar um lugar de destaque de primeiro plano no elenco dos grandes vencedores da fé cristã. Homem de profunda cultura, unida ao zelo e bondade, Alexandre foi eleito bispo em 312, para a importante sede da Igreja em Alexandria, no Egito.



Um dos primeiros cuidados, deste bispo de sessenta anos, foi o da formação e da escolha dos religiosos entre homens de comprovada virtude. Deu início à construção da igreja de são Theonas, a maior da cidade e foi um dos protagonistas da luta contra a heresia de Ário, chamada ariana.


Ário, que tinha sido ordenado sacerdote pelo bispo Aquiles, parece ter sido o responsável pela indicação e divulgação do nome de Alexandre para a nova eleição. Foi considerado um homem arrojado para a época, pois usava todos os meios possíveis de comunicação para a divulgação de suas idéias. Até que começou a espalhar entre os fiéis e religiosos uma doutrina que não concebia a divindade de Cristo. Considerava apenas o Pai como Deus, enquanto que Cristo não era divino, mas apenas um ser humano, superior aos demais.


Este foi um árduo combate que a Igreja venceu, graças à fé inabalável de Alexandre.


Que percebendo a péssima influência de Ário, primeiro o repreendeu como um filho rebelde. Mas, depois, teve de usar o recurso extremo de um sínodo de bispos, que resultou na condenação daquela doutrina. Porém, o herege não se submeteu. Nem mesmo atendeu ao imperador Constantino, que também interferiu na controvertida questão religiosa, antevendo conflitos entre a população. Só então Alexandre insistiu com o papa e o imperador para a convocação o concílio de Nicéia, ocorrido em 325.


Nessa importante reunião o bispo Alexandre, então já muito velho e enfermo, foi acompanhado por Atanásio, que ainda não era sacerdote. Este ainda adolescente, foi notado e apreciado pelo bispo, que o tomou sob sua proteção e o fez seu secretário.


Quando voltou do concílio, Alexandre foi acolhido triunfalmente em Alexandria. Cinco meses antes de morrer em 26 de fevereiro de 328, ele dignou como sucessor naquela sede episcopal, o discípulo Atanásio, para acabar com a doutrina ariana. O culto de Santo Alexandre, patriarca da Alexandria, se difundiu sendo venerado no dia de sua morte.


Read More

24 julho 2010

As células têm memória


Isto é pura fisica quântica baseando-se que tudo o que é vivênciado é energia: os pensamentos, as emoções, os sentimentos, as palavras e as acções ficam registados nas partes físicas do corpo até á escala mais infimamente elementar....encontra-se em cada célula toda a informação: das experiências vivídas até á marcação genética que se transforma em memória celular. Somos as unicas criaturas á superficie da Terra capazes de transformar o nosso sistema biológico mediante o que pensamos e sentimos. As nossas celulas observam constantemente nossos pensamentos e estão a cada momento sendo modificadas por eles.
Uma ataque de depressão pode arrasar nosso sistema imunológico, ao contrário a alegria e actividade harmoniosa mantem-nos saudáveis e prolongam a nossa vida.
O recordar de uma situação negativa ou triste liberta as mesmas hormonas e substâncias biologicas destrutivas que provocam o stress.
Daí surgirem doenças psicossomáticas e outras que são o acumular de formas de pensar, estar, sentir, tensões, bloqueios de energia, etc..Há de facto uma ligação das várias emoções a orgãos distintos... o cérebro interpreta uma determinada emoção e há então uma reacção fisiológica da mesma, e a sua percepção.




Por exemplo: a raiva afecta o figado , o medo os rins, a angústia e preocupação o estômago, o mau humor a bílis e por aí fora...são reacções exclusivas de emoções negativas que perturbam o organismo...O estár "em cima", bem consigo próprio e a introspecção são benéficos para evitarmos doenças que por vezes não são associadas ás nossas vivências quotidianas...E claro depois tomam-se comprimidos para superficialmente acabar com os sintomas.





São as moinhas que se vão acumulando até á fase da velhice onde se desenvolvem mais problemas funcionais...há que descobrir a origem de certas maleitas que nos constrigem, o ideal é fazer um fine-tunning com meditação, Ioga, medicinas orientais, prática desportiva, mentalização, etc...e vêr que certos sintomas estão associados com formas de estar e agir na vida.




O importante é sobretudo assumir um papel dinâmico e positivo na vida para que não hajam estas más reflexões no nosso corpo físico, e sentir cada instante do dia.Até porque a renovação do genoma nas células torna-se mais lenta á medida que envelhecemos...Isto tudo vibra e é energia, mas tambem vários "layer's" de memória...que marcham em consonância do ADN. O próprio ADN é uma memória, as outras dimensões para lá desta são memória, os elementos têem memória, etc,etc.Isto são tudo fiozinhos que ligam as coisas todas umas ás outras....a memória são os próprios processos funcionais da consciência (de todo o corpo e do próprio universo) que existem e são a organização do todo.




Uma coisa tambem é certa os orgãos têem funcionamentos autónomos do cérebro (por exemplo o estômago), senão teriamos um pescoço 2 a 3 vezes mais largos para ligar toda a fiozada... Mais importante é que há energia por todo o lado, e que pode ser canalizada até ao nosso corpo como forma de cura e renovação, basta que estejamos bem sintonizados com nós próprios para por afinidade atraírmos só o que é bom, e depurar para fora (que até se extinguem) as energias más...





um aparte....


Existe toda uma matriz funcional do corpo que pode ser curada e renovada.


O meu conceito é relacionar essa matriz funcional como psicossoma é uma defenição pessoal minha de um termo que já existe:


Ora aqui surge o psicossoma que é um campo energético que faz parte da aura humana e que integra uma imagem projectada do funcionamento de toda a consciência e partes físicas,é uma memória dos processos funcionais que vai sendo alterada com o avançar do tempo e a própria vida do ser humano. Esta memória é uma réplica dos processos presentes na densidade material, mas que vibra numa frequência mais subtil, menos densa, e que está em permanente contacto com outras dimensões não interpretáveis e associada a processos inconscientes e marca passo com o genoma da pessoa que é passível de ser alterado com técnicas de meditação e aceder a outros níveis vibracionais menos densos e propensos á captação de energias cósmicas, permitindo uma evolução de funcionalidade do próprio corpo, cura e despertar espiritual na medida em que surge o contacto com entidades superiores existentes no Astral terreste que são os nossos "engenheiros e arquitectos" desde os primórdios da criação e que residem em outros planos (dimensões) paralelos á nossa existência.


Sendo o próprio planeta uma consciência viva e sempre em renovação constante, as espécies caminham para um constante desenvolvimento com a ajuda destas dimensões paralelas alcançadas em estados modificados de consciência e com a própria interacção com a realidade fisíca.



No fundo tudo isto é energia escalonável em diversos níveis que são uma criação da própria consciência que é no fundo o todo...tudo pode ser uma coisa ou outra depende de quem observa ou percepciona determinados fenómenos. Poderão existir realidades individuais, pertencentes ao individuo, ao seu mecânismo de crenças e á sua aprendizagem conceptual do seu mundo.



Quero com isto dizer que depende da apreensão que o individuo faz da realidade (?!), a sua forma de vêr o mundo e de associar o que com o tempo vai percepcionando e inter-relacionando, a conjugação de diversos níveis cognitivos, culturais e intelectuais inerentes.


Creio existirem múltiplas realidades paralelas que formam em si o mundo mais coeso da densidade física, e isso é comprovado com a física quântica...que vêm criar modelos mais coerentes de interligação conceptualizada que viza compreender a ocorrência dos diversos eventos da criação e as suas constantes transformações e interligações.


A consciência caminha para uma evolução natural que faz parte de toda uma memória que subsiste no próprio planeta, que é o próprio legado de conhecimento que se foi criando ao longo de milhares de anos, com a ajuda de outros elementos pertencentes ao próprio cosmos que operam em outros universos, é sobretudo uma alquimia de amor e harmonia, onde por vezes entra o caos como forma de renovação e desenvolvimento.




Regredir ao passado...(o efeito formatação)




Na Regressão são induzidos ou adoptados, por um período de tempo curto ou a médio prazo, atitudes e comportamentos característicos de um nível de idade anterior. O efeito é reparador em termos gerais, pois busca-se um nível de matriz mais primitiva: energias originais e reparadoras para traumas, marcas e desgastes evolutivamente posteriores, reorganizando, "formatando" alma e corpo.



E é isto: está registado no genoma em níveis vibracionais mais profundos: memórias funcionais do nosso corpo, é tudo uma questão de acedermos a memórias passadas. Tenho usado a Recapitulação com enorme sucesso para resgatar funcionalidades energéticas do passado.E claro tentado ter algumas bases espirituais e de boa conduta moral para me sentir com vigôr originando bem estar fisico e mental.


As células têm memória


Read More

21 julho 2010

Quem foi Flávio Joviano?


Image and video hosting by TinyPicFlávio Joviano nasceu no ano de 332 e morreu no dia 17 de fevereiro de 364. Joviano foi um soldado eleito Imperador Romano pelo exército a 26 de junho de 363, após a morte de Juliano, o Apóstata. Este último havia sido mortalmente ferido em batalha contra as forças de Sapor II da Pérsia.


Tendo em vista que o exército romano se encontrava em território persa, Joviano viu-se forçado a celebrar a paz em termos desfavoráveis, de maneira a poder conduzir as suas tropas de volta ao território romano. Joviano era cristão, diferentemente do seu antecessor apóstata, Juliano, que havia promovido um retorno ao paganismo. Joviano morreu no dia 17 de Fevereiro de 364, ao fim de um reinado de 8 meses, após ter reconduzido o Império ao cristianismo.


Read More

19 julho 2010

Quem foi Malcom X?


Image and video hosting by TinyPicMalcolm Little nasceu em 19 de maio de 1925 no Nebraska, Estados Unidos. Ele ainda era criança quando o pai, pastor batista, foi assassinado por brancos, provavelmente membros da Ku Klux Klan. Órfão (a mãe estava internada num hospital psiquiátrico), Malcom e seus irmãos foram entregues a orfanatos.



Malcolm e uma irmã foram morar em Boston, onde sobreviveram com trabalhos temporários. Depois, ele mudou-se para o Harlem, bairro de maioria negra em Nova York. Escapou do serviço militar por fingir-se paranóico. Sua carreira no país dos brancos parecia programada: empregos temporários, pequenos delitos, prisão.


Em 1946, foi para a cadeia por roubo e receptação. Justamente no isolamento da penitenciária, ocorreu a conversão que transformaria o profundo conhecedor dos becos de Nova York num dos mais carismáticos líderes negros dos Estados Unidos. Atrás das grades, ele entrou em contato com os ensinamentos de Elijah Muhammed, líder da "Nação do Islã".


Malcolm estudou o Alcorão e outros escritos filosóficos e, ao deixar a prisão, em 1952, passou a dedicar-se à organização do Movimento dos Muçulmanos Negros. Trocou seu sobrenome de escravo "Little" por "X", dizendo que "o X significa a rejeição do nome de escravo e ausência de um nome africano para ocupar o seu lugar".


Elijah Muhammed considerava-se eleito por Deus para livrar os negros americanos da opressão dos brancos. Malcolm X, seu principal missionário, transformou a mesquita do Harlem em centro do movimento.


Movimento muçulmano


A luta dos negros americanos por igualdade de direitos intensificava-se desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Nos anos 60, o movimento sofreu uma divisão: enquanto Martin Luther King apostava na chamada "resistência pacífica", os muçulmanos liderados por Elijah Mohammed e Malcolm X defendiam a separação das raças, a independência econômica e um Estado autônomo para os negros.


A principal reivindicação de Malcom X era a melhoria da qualidade de vida para os negros na América. Pelo menos num ponto, seu programa diferia do de outros grupos. Malcolm X argumentava que eles tendiam a esperar mais mil anos para alcançarem seus objetivos. "Enquanto nós, muçulmanos, não estamos dispostos a esperar nem mais cem anos. Queremos a separação total entre escravos e senhores de escravos."


Segundo Erik Lincoln, professor de Filosofia Social da Universidade de Atlanta e autor do livro "The Black Muslims in America", o movimento muçulmano negro foi, essencialmente, um movimento de protesto social que se comportava mais ou menos como uma seita. Seus adeptos eram principalmente negros da classe mais baixa, que tentavam encontrar seu caminho e seu lugar na sociedade norte-americana. "Talvez, eles, de fato, pretendessem construir sua própria sociedade - uma nação negra de islâmicos", diz.


O projeto muçulmano não se tornou realidade, mas foi elogiado até por um de seus mais severos críticos, o sociólogo James Baldwin. Segundo ele, "Mohammed conseguiu realizar o que diversas gerações de assistentes sociais, comitês, resoluções, projetos habitacionais e parques infantis não haviam logrado: curar e recuperar alcoólatras e vagabundos, redimir egressos de penitenciárias e impedi-los de voltar".


Assassinato


Com o passar do tempo, Malcolm foi ficando cada vez mais famoso. Começou a se distanciar do clichê de que todos os brancos são "endemoniados" e não queria continuar mantendo a fachada de movimento puramente religioso e apolítico.
Em março de 1964, Malcolm X rompeu com o movimento e organizou a "Muslim Mosque Inc.", e mais tarde a "Afro-American Unity", organização não religiosa. Numa viagem a Meca, a cidade sagrada dos muçulmanos, em 1963, mudou o nome para Al Hajj Malik Al-Shabazz. Seu rompimento com a "Nação do Islã" e sua entrementes posição conciliatória em relação aos brancos lhe trouxeram um certo isolamento.
No dia 21 de fevereiro de 1965, aos 39 anos, ele foi morto com 13 tiros quando discursava no Harlem. Jamais foram encontradas provas, mas suspeitou-se do envolvimento da "Nação do Islã" no assassinato.


Suas idéias foram muito divulgadas na década de 70 por movimentos como o Black Power e as Panteras Negras. Sua vida e obra também estão documentadas em vários filmes, sendo o mais famoso deles "Malcolm X", dirigido por Spike Lee, de 1992.


Read More

17 julho 2010

O calendário Gregoriano


Gregório XIII (1572 - 1585)



O calendário gregoriano é o calendário utilizado na maior parte dos países ocidentais. Foi promulgado pelo Papa Gregório XIII a 24 de fevereiro do ano 1582 para substituir o calendário juliano, instituído por Júlio César no ano 46 a.c. (vigorou 1600 anos).




Reforma do calendário juliano


Depois do decreto, o Papa Gregório XIII reuniu um grupo de especialistas para reformar o calendário juliano e passado cinco anos de estudos, foi elaborado o calendário gregoriano, que foi sendo implementado lentamente em várias nações. Oficialmente o primeiro dia deste calendário foi 15 de outubro de 1582. O calendário gregoriano é o que atualmente usamos e distingue-se do juliano porque:


Omitiram-se dez dias (6 a 14 de outubro de 1582). Corrigiu-se a medição do ano solar, estimando-se que este durava 365 dias solares, 5 horas, 49 minutos e 12 segundos, o equivalente a 365.2424999 dias solares.Acostumou-se a começar cada ano novo em 1 de janeiro. Poucos anos seculares se consideram bissextos, só aqueles que sejam divisíveis por 400. Deste modo evita-se a defasagem de um dia em cada cem anos.


Fonte Wikipédia


Read More

14 julho 2010

O que acontece quando agente morre?


Na verdade não se sabe o que se sente ou se vê é claro nem um morto voltou para dizer...


Mas da para se saber as mudanças no corpo que são as seguintes:


1. O coração para.


2. A pele fica rígida e adquire uma cor acinzentada.


3. Todos os músculos se relaxam.


4. A bexiga e intestinos de esvaziam.


5. A temperatura corporal cai normalmente 0,83ºC por hora a não ser que tenha fatores externos que o impeça. O fígado é o órgão que se mantém quente durante mais tempo, pelo qual se costuma medir sua temperatura para estabelecer o momento da morte.


Aos 30 minutos:


6. A pele fica meio púrpura e com aspecto ceroso.


7. Os lábios, e as unhas dos dedos empalidecem pela ausência de sangue.


8. O sangue estagna nas partes baixas do corpo, formando uma mancha de cor púrpura escura que é chamada de lividez.


9. As mãos e os pés ficam azulados.


10. Os olhos começam a afundar para o interior do crânio.


Às 4 horas:


11. Começa a aparecer o rigor mortis.


12. O enrijecimento da pele e o estancamento do sangue contínuo.


13. O rigor mortis começa a esticar os músculos durante umas 24 horas, depois das quais o corpo recuperará seu estado relaxado.


Às 12 horas:


14. O corpo está em estado de rigor mortis total.


Às 24 horas:


15. Somente agora o corpo adquire a temperatura do ambiente que lhe rodeia.


16. Nos homens, morrem os espermatozóides.


17. A cabeça e o pescoço adquirem uma cor verde-azulado.


18. Esta mesma cor começa a estender-se ao resto do corpo.


19. Neste momento começa o forte cheiro de carne podre.


20. O rosto da pessoa fica essencialmente irreconhecível.



Aos 3 dias:


21. Os gases dos tecidos corporais formam grandes bolhas debaixo da pele.


22. A totalidade do corpo começa a inchar e crescer de forma grotesca. Este processo pode acelerar se a vítima encontra-se num ambiente cálido ou na água.


23. Os fluídos começam a gotejar por todos os orifícios corporais.



Às 3 semanas:


24. A pele, cabelo e unhas estão tão soltas que podem ser retiradas com facilidade.


25. A pele se racha e arrebenta em múltiplas zonas por causa da pressão dos gases internos.


26. A decomposição continuará até que não fique nada exceto os ossos, o qual pode demorar em torno de um mês em climas quentes e dois meses em climas frios.


27. Os dentes são com freqüência o único que fica anos ou séculos depois, já que o esmalte dental é a substância corporal mais dura que existe. A mandíbula é assim mesmo a mais densa, pelo que geralmente também perdura.


Visitei um site Budista e ele fala mais ou menos assim a respeito a morte:


''Apesar de todos termos vivido e morrido através de inumeráveis renascimentos, nenhum de nós se lembra da experiência da morte. Não sabemos o que a morte realmente é. De acordo com os sutras, quando morremos ainda estamos totalmente conscientes de tudo o que está à nossa volta. Podemos ouvir a voz calma do médico ou os lamentos da nossa família. Podemos ainda ver pessoas se juntando ao redor de nosso corpo, tentando mover nosso corpo que agora está sem batidas de coração e respiração. Podemos nos preocupar com as várias coisas que necessitam ainda ser completadas. Podemos sentir a nós mesmos nos movendo entre nossa família e amigos, querendo dizer a eles o que deveriam fazer. Mas, todos estão cheios de tristeza e ninguém pode nos ver ou escutar. No Reader's Digest, saiu uma vez um artigo sobre a experiência de quase-morte de um homem. Um dia, enquanto dirigia, ele sofreu um grave acidente; o carro ficou completamente destruído, e ele morreu na hora. Quando a ambulância, os médicos, a polícia e sua família chegaram ao local, sua consciência já havia deixado seu corpo e ele se sentiu flutuando no ar. Podia ouvir um rumor, um grupo de pessoas discutindo sobre como o acidente ocorrera. Então ele foi até o oficial de polícia e tentou contar-lhe o que de fato ocorrera. Mas o oficial não podia nem vê-lo nem escutá-lo. A essa altura, ele só tinha sua consciência e já não tinha mais a posse de seu corpo. Finalmente ele tomou consciência de que estava flutuando fora de seu corpo, vendo seu próprio corpo como um observador. Em seguida, se encontrou passando, numa velocidade incrível, através de um túnel longo, escuro e estreito.''


Fonte : http://hsingyun.dharmanet.com.br/morremos.htm



Read More

11 julho 2010

Santa Margarida de Cortona


Image and video hosting by TinyPic22 de fevereiro


A penitência marcou a vida de Margarida que nasceu em 1247, em Alviano, Itália. Foi por causa de sua juventude, período em que experimentou todos os prazeres de uma vida voltada para as diversões mais irresponsáveis. Margarida ficou órfã de mãe, quando ainda era muito criança. O pai se casou de novo e a pequena menina passou a sofrer duramente nas mãos da madrasta. Sem apoio familiar, ela cresceu em meio a toda sorte de desordens, luxos e prazeres. No início da adolescência se tornou amante de um nobre muito rico e passou a desfrutar de sua fortuna e das diversões mundanas.



Um dia, porém, o homem foi vistoriar alguns terrenos dos quais era proprietário e foi assassinado. Margarida só descobriu o corpo, alguns dias depois, levada misteriosamente até ele pela cachorrinha de estimação que acompanhara o nobre na viagem. Naquele momento, a moça teve o lampejo do arrependimento. Percebeu a inutilidade da vida que levava e voltou para a casa paterna, onde pretendia passar o resto da vida na penitência.


Para mostrar publicamente sua mudança de vida, compareceu à missa com uma corda amarrada ao pescoço e pediu desculpas a todos pelos excessos da sua vida passada. Só que essa atitude encheu sua madrasta de inveja, que fez com que ela fosse expulsa da paróquia. Margarida sofreu muito com isso e chegou a pensar em retomar sua vida de luxuria e riqueza. No entanto, com firmeza conseguiu se manter dentro da decisão religiosa, procurando os franciscanos de Cortona e conseguindo ser aceita na Ordem Terceira.


Para ser definitivamente incorporada à Ordem teria que passar por três anos de provação. Foi nesta época que ela se infligiu as mais severas penitências, que foram vistas como extravagantes, relatadas nos antigos escritos, onde se lê também que a atitude foi tomada para evitar as tentações do demônio. Seus superiores passaram a orienta-la e isso a impediu de cometer excessos nas penitências.


Aos vinte e três anos Margarida de Cortona, como passou a ser chamada, foi premiada com várias experiências de religiosidade que foram presenciadas e comprovadas pelos seus orientadores espirituais franciscanos. Recebeu visitas do anjo da guarda, teve visões, revelações e mesmo aparições de Jesus, com quem conversava com freqüência durante suas orações contemplativas.


Ela percebeu que o momento de sua morte se aproximava e foi ao encontro de Jesus serenamente, no dia 22 de fevereiro de 1297. Margarida de Cortona foi canonizada pelo Papa Bento XIII em 1728 e o dia de sua morte indicado para a sua veneração litúrgica.


Read More

07 julho 2010

Você sabe o que é "ectoplasma"?


Image and video hosting by TinyPicO Ectoplasma é ,alegadamente, uma substância fluídica, de aparência diáfana, sutil, que flui do corpo de um médium apto a produzir fenômenos físicos, principalmente a materialização. Nenhuma dessas afirmações foram demonstradas em ambiente controlado.


O termo ectoplasma foi criado por Charles Richet, Nobel de Medicina em 1913, por trabalhos relativos a anafiloxia (reações alérgicas) , após isso, C.Richet se dedicou a trabalhos com o intuito de descrever experiências sobre os fenômenos de materialização produzidos pela médium Eva Carrière, em Argel, em 1903.



Na tentativa de dar veracidade aos argumentos, um inexistente professor italiano Imoda,foi inventado, tanto quanto um suposto livro Fotografias de Fantasma . Nessa fraude, diz-se que é publicada uma teoria elaborada a partir das experiências de ideoplastia que realizou com Charles Richet, onde propõe três formas para o ectoplasma: a invisível, a fluídica-visível e a concreta. Posteriormente, Gustave Geley, fundador do Instituto Metapsíquico Internacional de Paris, alegou nas sessões de materializações que o ectoplasma, ainda na forma invisível, girava em torno das pessoas antes da produção dos fenômenos. O Professor Geley afirmava que, nestas sessões, que realizou na Europa e nos Estados Unidos junto a outros cientistas, Espíritos, ou operadores como Geley os chamava, agiam sobre o cérebro do médium, para provocar a emanação do ectoplasma invisível, que ia se acumulando até que fosse empregado por esses mesmos espíritos para produzirem diversos tipos de fenômenos mediúnicos de efeito físico, tais como a materialização e a levitação, infelizmente esses trabalhos realizados no fim do século 19 e inicio do seculo 20, ocorreram sem qualquer metodologia e foi palco para fraudadores e charlatães que foram todos desmascarados posteriormente e jamais houve tentativas de repetição que lograssem qualquer êxito até os dias atuais.


O ectoplasma é equivocadamente e sem qualquer evidência, descrito como um fenômeno natural mediúnico que produz uma substância etéria (semi-material) com a propriedade ou possibilidade de adensar-se até ficar ao alcance dos cinco sentidos humanos, tornando-se visível, tangível e, ainda, sob o influxo da vontade dos espíritos, moldável, assumindo a forma e algumas características de objetos ou seres orgânicos, inclusive corpos humanos completos.


Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic Image and video hosting by TinyPic


Fonte: Wikipedia


Read More

05 julho 2010

A origem do baralho


Poucos sabem que por trás de algo tão simples, existe muita história e simbolismo.






O coringa foi uma inovação americana. Alastrou-se para a Europa juntamente com o pôquer. Apesar da figura lembrar um bobo-da-corte, acredita-se que não exista relação, até pela origem distinta. Não são usados em muitos jogos, e frequentemente são utilizados como propaganda do logotipo do fabricante.



No século 20, com a invenção de um método para cobrir as cartas de papel com uma camada plastificada, este tipo de baralho tornou-se o dominante até os dias de hoje, com uma durabilidade acentuada. Cartas inteiramente feitas de plástico foram desenvolvidas, e duram ainda mais.

____________________



O mais impressionante de tudo é que o baralho apresenta simbologia religiosa, astrológica e metafísica:



- 13 cartas por naipe, mesmo número de ciclos lunares em um ano.



- Preto e vermelho simbolizam dia e noite.



- 52 cartas no total (sem os coringas), representam o número de semanas em um ano.



- 4 naipes correspondendo às 4 estações do ano.



- Se todos os valores das cartas forem somados, mais um (que se atribui a um coringa solo), o resultado é 365, mesmo número de dias no ano.



- Até 1960 nos EUA, a marca no Às de espadas era prova de pagamento de uma taxa do governo. Hoje em dia, o Às de espadas é uma espécie de garantia nos baralhos americanos. Se o seu baralho tiver algum defeito, basta mandar as cartas defeituosas e o Às de espadas para o fabricante e ele te repõe.



- Os Valetes de Espadas, Copas e o Rei de Ouros são desenhados em perfil, ao contrário das outras cartas. São chamados de "one-eyed" (caolhos).



- O Rei de Copas é desenhado com uma espada atravessando por trás de sua cabeça e o machado do Rei de Ouros está atrás de sua cabeça, apontado para ele. Motivos pelos quais são chamados de "reis suicidas".



- O Rei de Ouros é o único armado com um machado, todos os outros reis têm espadas. Alguns o chamam de "o cara com o machado".



- A Dama de Espadas é a única que segura um cetro, as outras seguram flores.



- O Rei de Copas é o único rei sem bigode. Isto é atribuído a falha na impressão dos baralhos mais antigos, pois acredita-se que originalmente ele teria bigode.



- Designs mais antigos e outros diferentes ainda predominam em certas regiões européias como Alemanha, Hungria, Espanha, Itália e Romênia.

Read More

02 julho 2010

Qual a função das pirâmides?


ab109 FAROL DE ALEXANDRIA - A mais antiga data para a construção da grande Pirâmide de Quéops, foi apresentada pelo escritor árabe Abu Zayd el Balkhy. Baseado em antigas inscrições, diz que a pirâmide foi construída no tempo em que a Lira encontrava-se na constelação de Câncer, ou seja, há 73.000 a.C. Existe uma teoria que diz que as pedras teriam sido cortadas por algum instrumento tipo raio laser...essa teoria explicaria as marcas de serra nos blocos encontrados, pois o laser poderia facilmente produzir marcas semelhantes.



ab18A intensão dos construtores de perpetuar um conhecimento tecnológico milenar assombroso, que só conseguimos entender se admitirmos a passagem de seres extraterrestres ou de civilizações mais antigas e avançadas sobre a Terra".



ab20A função geradora de radiação energética da Pirâmide tem uma hipótese bastante plausível: foi detectada a penetração dessa radiação a 20 quilômetros de profundidade sob sua base, e é possível que a radiação superior do ápice se prolongue até os confins da via-ab39láctea, visível aos instrumentos óticos especiais, desconhecidos por nós. Seria mesmo um mero acaso que a altura da Pirâmide de Quéops, multiplicada por um bilhão, corresponda aproximadamente à distância Terra-Sol? Isto é, a 149.450.000 Km? É um acaso, que um meridiano que passe pelo centro da pirâmide divide continentes e oceanos em duas metades exatamente iguais? É um acaso, que a circunferência da pirâmide, dividida pelo dobro de sua altura, tenha como resultado o famoso número de Ludof, Pi=3,1416? É acaso, que forneça cálculos sobre o peso da Terra, e é também acaso que o solo rochoso sobre o qual se levanta a construção esteja cuidadosa e exatamente nivelado? As fases da pirâmide estão posicionadas para os quatro pontos cardinais com uma incrível precisão, apresentando somente 0,015% de margem de erro.


Fonte: http://rodrigoenok. blogspot. com/2008/ 01/funo-das- pirmides- farol-de- alexandria. html


Read More