19 outubro 2017

Premiering in 1919, “The Homesteader” is a now-lost...



Premiering in 1919, “The Homesteader” is a now-lost silent black-and-white film. It is notable for being the first film directed by an African-American, Oscar Micheaux. It is also believed to be the first feature-length film to be made with African-American actors, by an African-American crew, for a primarily African-American audience.

The film itself is based on a novel by Micheaux of the same name, about a doomed interracial romance at a time when it was illegal in nearly all states for African-Americans and whites to marry. 

Read More

Jovian Moon Shadow


Jupiter’s moon Amalthea casts a shadow on the gas giant planet in this image captured by NASA’s Juno spacecraft.

from NASA http://ift.tt/2yDDMwL
via IFTTT
Read More

Galapagos Tortoise

Read More

An International Sports Record

Norway is the only national men’s soccer team to have played against Brazil, but never lost to Brazil.

Also, they have only played four games against Brazil (2-2-0). And Norway probably does everything it can to avoid playing more.

Read More

M51: The Whirlpool Galaxy


Find the Big Dipper and follow the handle away from the dipper's bowl until you get to the last bright star. Then, just slide your telescope a little south and west and you'll come upon this stunning pair of interacting galaxies, the 51st entry in Charles Messier's famous catalog. Perhaps the original spiral nebula, the large galaxy with well defined spiral structure is also cataloged as NGC 5194. Its spiral arms and dust lanes clearly sweep in front of its companion galaxy (bottom), NGC 5195. The pair are about 31 million light-years distant and officially lie within the angular boundaries of the small constellation Canes Venatici. Though M51 looks faint and fuzzy to the eye, deep images like this one can reveal striking colors and the faint tidal debris around the smaller galaxy

from NASA http://ift.tt/2yQWhyI
via IFTTT
Read More

12 Majestosos: equipe secreta de cientistas e militares dos EUA que estudaram alienígenas e OVNIs

Membros de uma suposta equipe de cientistas e chefes militares dos EUA, conhecida como 12 Majestosos (ou “Operation Majestic-12”, também visto como “MJ-12” ou “MJ-XII”) que tiveram contato com discos voadores e alienígenas mortos, foram finalmente “nomeados”.

As identidades dos funcionários foram reveladas no que os conspiradores dizem que é um documento vazado da Agência de Inteligência de Defesa dos EUA (DIA) dos anos 80.

O arquivo, “TOP Secret”, de 47 páginas foi divulgado e contém alegações de que o acidente ufológico de Roswell em 1947 realmente aconteceu e que alienígenas mortos foram encontrado Um acobertamento foi feito para esconder a verdade.

O documento foi entregue a Heather Wade, apresentadora do programa de rádio paranormal Midnight in the Desert, de uma fonte conhecida que não foi nomeada.

Muitos especialistas em OVNI diziam que o documento era falso, mas seu lançamento desencadeou novas teorias da conspiração, além de convencer outros de que poderia ser genuíno.

O documento afirma que uma equipe altamente secreta de cientistas de alto nível, funcionários do governo e líderes militares – todos mortos – foi criada na sequência do incidente de Roswell para investigar os “restos de disco voador capturados” e “quatro alienígenas mortos” para avaliar o risco destes “visitantes alienígenas” para o planeta.

O documento afirma que o grupo foi chamado de 12 Majestosos e foi criado sob ordens do presidente Harry S Truman, na sequência de Roswell.

O relatório identifica essas pessoas como membros originais:

* Lloyd Viel Berkner, físico e engenheiro americano, que morreu em 1967 com 62 anos e investigou a atmosfera da Terra.

* Detlev Wulf Bronk, outro cientista dos EUA, educador, que morreu aos 78 anos em 1975, e foi reconhecido pelo desenvolvimento da biofísica como uma ciência estabelecida.

* Vannevar Bush, engenheiro e inventor americano e ciência, que liderou o Escritório de Pesquisa e Desenvolvimento Científico dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial.

Realizou pesquisa e desenvolvimento militar. Ele morreu aos 84 anos em 1974.

* Donald Howard Menzel, que morreu em 1976 com 75 anos, que foi um dos primeiros astrônomos teóricos e astrofísicos nos EUA, e descobriu as propriedades físicas da cromossfera solar, a química das estrelas, a atmosfera de Marte e a natureza de nebulosas gasosas.

* Hoyt Sanford Vandenberg, general da Força Aérea dos EUA, segundo chefe de gabinete e segundo diretor da Central Intelligence, que morreu em 1954 com 54 anos de idade.

* Nathan Farragut Twining, que morreu em 1982 com 84 anos de idade, que era o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea dos Estados Unidos de 1953 até 1957 e durante o incidente de Roswell UFO.

* Sidney William Souers, que morreu em 1973 com 80 anos, e foi ex-diretor de inteligência central, e o secretário executivo do Conselho de Segurança Nacional, antes de se tornar consultor especial para o presidente sobre assuntos militares e estrangeiros de 1950 a 1953.

* Robert Miller Montague, um tenente-geral no exército dos EUA que era vice-comandante de Fort Bliss, Texas e comandante da Sandia Missile Base no Novo México, que morreu em 1958 com 58 anos de idade.

* James Vincent Forrestal, que morreu em 1949 com 57 anos, e foi o primeiro secretário de defesa dos Estados Unidos.

* Gordon Gray, que morreu em 1982 com 73 anos, que era um oficial de defesa e governo da segurança nacional.

* Roscoe Henry Hillenkoetter, terceiro diretor do Grupo de Inteligência Central dos Estados Unidos da Segunda Guerra Mundial (CIG), que morreu com 85 anos em 1982.

* Jerome Clarke Hunsaker, que morreu com 98 anos em 1984 e foi de 1941 a 1956 presidente do Comitê Consultivo Nacional de Aeronáutica.

Suposto alienígena encarcerado pelos 12 Majestosos

Parte do documento, um relatório de quatro páginas, que foi preparado em 8 de janeiro de 1989, afirma ser um briefing preliminar sobre os 12 Majestosos.

O relatório diz que o grupo teve acesso aos restos de sete discos voadores e 27 alienígenas.

O especialista experiente em OVNI e o físico nuclear Stanton Friedman está investigando a autenticidade do documento e acredita que pode ser genuíno.

O Paridigm Research Group (PRG) que tenta pressionar a Casa Branca a divulgar documentos sobre OVNIs acredita que o relatório pode ser genuíno, mas aceita que também pode ser falso.



Read More

VISIT –>...



VISIT –> http://ift.tt/2dMt36p for quality child psychology information and resources.

Read More