26 setembro 2014

Brown Lady




Por volta de 1700, em Norfolk, na Inglaterra, vivia Charles Townshend, junto da sua esposa, Lady Dorothy Townshend. De acordo com a lenda, poucos dias antes do casamento, Dorothy tinha traído o seu futuro marido com Lord Wharton

Charles descobriu que a sua esposa lhe tinha colocado os palitos, mas mesmo assim, casou-se com ela. No entanto, o casamento não ocorreu por Charles ter perdoado Dorothy, mas sim para se vingar dela. Então, viveram juntos durante alguns anos, até que, em 1726, Dorothy faleceu, supostamente, de varíola, porém, diz-se que a sua morte não foi verdadeira e que ela estaria viva e tinha sido presa num compartimento à parte da sua mansão, onde Charles a espancava por ter sido traído.






Durante muitos anos, Dorothy viveu nesse local afastado da sua habitação. Além de ter de conviver com pancadaria e fome, também não podia matar saudades do seu filho, que lhe fora tirado por Charles.

A verdadeira data da morte de Dorothy não está datada em nenhuma fonte, no entanto, em Setembro de 1936, foi tirada a fotografia de fantasma mais famosa de sempre, onde a mulher supostamente surgiu, em Raynham Hall. A fotografia foi tirada pelo capitão Hubert C. Provand, que trabalhava para a revista "Country Life".

Para além de ser uma imagem famosa dentro do tema do paranormal, também é das mais verídicas, porque, até agora, ninguém pôde afirmar que ela é falsa.

Na casa onde a fotografia foi tirada ainda está de pé e existem relatos que afirmam visões do fantasma de Dorothy a vaguear pelo local, à procura do seu filho.



Adaptado de: minilua





via @notiun


Related post







// "; var maxNumberOfPostsPerLabel = 10; var maxNumberOfLabels = 10; function listEntries10(json) { var ul = document.createElement('ul'); var maxPosts = (json.feed.entry.length textLabel = ""; var test = 0; for (var i = 0; i //]]>


Read More

Como desenvolver o dom da clarividência com exercícios e prática de relaxamento e meditação



Exercício de clarividência: aprenda a desenvolver este dom






Clarividência é o dom de ver espiritualmente com clareza, ou seja, é a visão da própria alma, cuja capacidade de percepção da realidade está em um nível muito mais amplo e elevado.




A clarividência é um dom presente em todas as pessoas, mesmo que na maioria esteja adormecido. O que muitos não sabem é que, com a prática correta, ela pode perfeitamente ser despertada.


Aprenda a seguir alguns exercícios de clarividência, com os quais você poderá começar a desenvolver a visão da alma e, com ela, estudar o plano espiritual e seus mistérios.


Relaxamento, meditação e concentração são ótimos exercícios de clarividência


Os exercícios de meditação e relaxamento são ótimos para a clarividência, uma vez que, por meio deles, se tem um ganho imenso de harmonia, intuição, acuidade e equilíbrio, características essenciais para esta capacidade mediúnica.


É importante ressaltar que somente com muita prática você irá enxergar além do que vê distorcidamente no plano físico, de forma a observar claramente o que se passa no plano espiritual.


Escolha um local tranquilo, no qual você não vá ser incomodado, e realize alguns alongamentos para melhor circulação de suas energias.


Fique relaxado e escolha uma cena na qual você deseja se concentrar: pode ser um belo quadro ou desenho, uma obra de arte ou objeto de estima, qualquer coisa que lhe traga boas sensações de paz e estimule sua visão.


Concentre-se por um tempo neste objeto, até que você se sinta em harmonia com seu interior. Então, feche os olhos e medite sobre ele, recapitulando mentalmente cada detalhe que conseguir se lembrar.


Em seguida, abra os olhos e observe atentamente o mesmo objeto, de forma a encontrar detalhes importantes que você deixou passar enquanto estava de olhos fechados se lembrando dele.


Procure repetir até que você consiga se lembrar detalhadamente de tudo. Este é um ótimo exercício de clarividência, pois funciona como estímulo ao terceiro olho, um dos principais mecanismos dos dons mediúnicos.


Estimular o chakra frontal também é um ótimo exercício de clarividência


Outro ótimo exercício de clarividência é o estímulo do chakra frontal, justamente o chakra do terceiro olho. Aguçar o chakra frontal ajudará muito a expandir sua capacidade de percepção e assimilação espiritual.


Este exercício é muito simples e consiste na movimentação das energias do chakra. Como no exercício anterior, procure um local tranquilo, realize alongamentos e entre em um estado de relaxamento e paz.


Sente-se confortavelmente, feche os olhos e comece a mentalizar um ponto luminoso na sua testa, entre as sobrancelhas, que é onde fica o terceiro olho. Mantenha-se concentrado nesta luminosidade durante algum tempo, depois abra os olhos e finalize a prática com mais alongamentos.


Repita este exercício de clarividência diariamente, aumentando cada vez mais o tempo no qual você se concentra no ponto luminoso do terceiro olho. Com o passar do tempo, você começará a sentir uma leve pulsação na região, mostrando que está no caminho certo.








Read More
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
eXTReMe Tracker